• Luiz Tolentino

MATUÊ: EM AÇÃO GRANDIOSA, RAPPER RECEBE 14 QUADROS COM CERTIFICAÇÕES POR SUCESSOS DA CARREIRA


O rapper Matuê recebeu, de forma inovadora, 14 quadros comemorativos com certificações pelo incrível resultado de seu último trabalho, “Máquina do Tempo”, e pelos números excepcionais de seus singles lançados anteriormente. A Sony Music Brasil, gravadora do artista, preparou uma entrega digna da grandiosidade de Matuê e de suas conquistas: de helicóptero, o Presidente da companhia no país, Paulo Junqueiro, aterrissou no heliponto da Torre do Rio Sul, em Botafogo, no Rio de Janeiro, para consagrar o fenômeno cearense pelos números alcançados.


“Cheguei aqui e, do nada, o homem me vem de helicóptero, trazendo esse monte de quadro pra celebrar esse momento que a gente tá vivendo. É muito foda poder comemorar um marco do disco e de todos os outros lançamentos que a gente teve ao longo dos anos e celebrar esse trabalho que a gente vem criando. Muito obrigado, Sony, e todos vocês que nos escutam e mantêm a gente no replay. É nós!”, agradece Matuê.


As certificações contemplam números incríveis: o álbum “Máquina do Tempo” tem certificação de Ouro, com mais de 20 milhões de streams de áudio e vídeo em apenas um mês. A canção que dá nome ao disco recebeu certificação de Platina pelos mais de 43 milhões de plays em áudio e vídeo. A faixa “777-666” também é Platina, com mais de 40 milhões de streams de áudio e vídeo e a canção “É Sal” recebeu certificação Ouro por mais de 20 milhões de execuções em áudio e vídeo.

Os singles da carreira de Matuê também alcançaram resultados imponentes: “Mantém” é Platina Dupla, com mais de 60 milhões de streams de áudio e vídeo; “Kenny G” é Diamante Duplo, com incríveis 240 milhões de plays combinados, e atravessou o oceano até Portugal, onde alcançou certificação Ouro, com mais de 1 milhão e 250 mil streams; “Banco” é Diamante, com mais de 130 milhões de plays em áudio e vídeo; “A Morte do Autotune”, de 2019, também alcançou certificação Diamante pelos mais de 115 milhões de execuções de áudio e vídeo; “Quem Manda é a 30”, de 2018, é Platina Dupla, com 50 milhões de streams de áudio e vídeo; “De Peça em Peça”, de 2018, é Platina Tripla, com 90 milhões de streams em áudio e vídeo; “Anos Luz”, de 2017, recebeu certificação Diamante pelas 200 milhões de execuções em áudio e vídeo; “Lama no Copo”, de 2017, é Platina, com50 milhões de plays de áudio e vídeo e “Boomzin”, de 2017, recebeu a chancela de Platina Dupla, com 65 milhões streams de áudio e vídeo.